Não existem amores perfeitos

A verdade é que tudo que é bom acaba depressa, a verdade é que tudo que a gente quis, é sempre o que mais desespera, mas no fundo tudo tem um grande fim e ninguém é perfeitamente perfeito para  mim. Eu não sou perfeita, tenho os meus medos os meus anseios, e limito -me a dizer a todos que não existem amores perfeitos.

Se procura um amor realmente perfeito, esqueça esse amor não existe , nada é esmerado, nada é apurado, puro ou genuíno. Se alguém pensa que o amor é como as histórias de embalar, em que a cada passo que dá é simplesmente só amar! Engano o seu o amor é o despertar, sim é permanecer, mas, também é doer é saber perder é ir em frente sem estremecer e guiar-se até ao caminho do amadurecer. Porque nada nada é perfeito , nada é primoroso, se alguém conhecer o seu amor realmente perfeito, que  diga, eu terei todo o gosto de  conhecer!

Nada, nem ninguém é angelical, não é que faça o mal, mas não existe alguém tão genial, alguém  que seja correto, exacto, justo e integro,  não conheço! Podem até ser correctos numas situações, justos  noutras, integrais em alturas, honestos em opiniões, hábeis em momentos, mas, no fundo existirá sempre o imperfeito, o incorrecto, o falhado o frio, o incompleto e o defeituoso por dentro. Isto porque ninguém é perfeito em cada momento. Como não existe perfeição, o amor também não, e cabe a nós decidir e traçar o nosso próprio caminho que queremos dar.

Amores existem muitos, mas sempre existirão os amores omissos, malfeitos,  os frustrados, os indigesto, os inacabados, os incompletos,  os parciais, os aguados, os sujos os defectíveis e  os desprimordioso amores. Tudo isto, porque somos diferentes, inúmeros, dispares, discrepantes e contrários. Acabamos sempre por fazer, não o que o outro quer, mas o que nós queremos e a lutar um por todos, como a ambicionar o que melhor existe em nós.

Somos e sempre seremos diversos.  Os amores são dispersos, heterogéneos, quando estamos bem, muito mais rápido estamos mal e quando estamos mal rápido estamos bem. Somos seres humanos não todos iguais, vivemos a vida que temos de viver, perdemos o nosso amor e daqueles que nos ama, fazemos acreditar todos os dias num começo de um novo fim e morremos a saber o que nunca tivemos que aprender nesta vida.

“Amor não é se envolver com a pessoa perfeita, aquela dos nossos sonhos. Não existem príncipes nem princesas. Encare a outra pessoa de forma sincera e real, exaltando suas qualidades, mas sabendo também de seus defeitos. O amor só é lindo, quando encontramos alguém que nos transforme no melhor que podemos ser.”

Desconhecido

Advertisements

6 pensamentos sobre “Não existem amores perfeitos

  1. Não existem amores perfeitos. Tampouco o amor é perfeito. É algo que não se define, que se conquista todos os dias, que se alimenta.Há que vê-lo como um caleidoscópio, reflectindo momentos que apresentam combinações de cores variadas e coloridas, lindas só para os olhos de quem ama.

    Amei o seu texto.

    Beijinhos 🙂

    Paula Pedro

    Liked by 1 person

    1. Para mim nada é perfeito mas se ouvesse mesmo perfeiçao acho que nos cansavamos muito facilmente. Mas como digo mesmo eu nao acredito na perfeição se existe cuidado com essas pessoas nao são de confiança. Obrigada pela sua avaliação ao nosso blog 😊

      Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s