Não existem príncipes Encantados

Antes pensava que o meu príncipe encantado existia e que me vinha buscar num cavalo branco, como naqueles filmes de desenhos animados que vemos quando somos uns pirralhos. Como era bom sonhar sempre com esse momento único, uma história sem fim e com um final feliz.
Mas, agora digo não acredito nem um pouco no amor à primeira vista, no príncipe encantado nem muito menos na bela adormecida, não acredito quando dizem “Felizes para sempre” e tudo que seja “Para sempre”, tudo isso é uma imaginação, não é muito falado com coração e não passa de uma história que muitas vezes acaba em desilusão, de um sentimento incondicional, num romance total e infinito com votos de promessas de uma eternidade.

Acredito, sim, no amor vivido, construído, um dia melhor que o outro, e na reconstrução sempre de um amor melhor, sem rodeios, sem anseios e sem promessas. Acredito no sentimento regado, colhido e preenchido. Não acredito no infinito, no sentimento errado, desequilibrado e sem esperança para ser vivido, como acredito, no amor que sinto e no que ele me faz sentir todos os dias por ser amada.
Mas para todos nós eu digo e repito, não acredito nada em príncipes encantados, daqueles que correm sempre atrás, que dormem como galãs, e que acordem como os príncipes encantados, todos as manhãs. Não meninas esqueçam! Esqueçam que existem. Ele foi feito todo como nós, eles só existem nos contos de fadas, ele é apenas mais um que tu amas, aquele que dá a cara para te ver todos as noites despenteada e aquele que muitas vezes achas uma criançada.

Infelizmente não existem amores platónicos, amores infinitos, eu sempre soube que não existiam príncipes encantados. Na verdade, confesso que já acreditei em contos de fadas, principalmente aqueles que via sempre na televisão do meu quarto deita na minha cama. Hoje percebo que sou mais uma como tantas outras almas, e que estes contos de fadas, não passavam de contos e histórias para declamar a minha calma. Pensando bem, acho que aqueles momentos me faziam mais bela e era o único momento em que eu acreditava, que era mais uma autêntica Cinderela.

Hoje, vejo que tudo não passou de uma ilusão e que os príncipes encantados nunca mais existirão e que tudo não passa de mais uma imaginação. Hoje, sei que é apenas alguém que cala com um beijo que sente com desejo, e que ama com sentimento. Hoje, descrevo o que há muito irei temer e penso em alguém que goste verdadeiramente de mim e que me possa corresponder.

“Não sou perfeita. Não tenho pretensão de o ser. Tenho em mim quase todas as qualidades do mundo, assim como quase todos os defeitos também, inclusive, a ingenuidade de querer ainda imaginar que tudo isso não se trata, da mesma forma, de um conto de fadas. É que de vez em quando eu me recuso a crescer, e está me fazendo falta aquela época em que eu acreditava que “eles se casaram e viveram felizes para sempre”!
Mônica Aubasi

Anúncios

2 opiniões sobre “Não existem príncipes Encantados

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s