A minha vida num livro

A minha vida é só uma e eu não tenho muita forma de a ler. Somos invadidos pela crença da vida, ler é simplesmente ir e lutar e a leitura é a minha libertação. Viver é a tarefa mais difícil que um dia declarei, esperamos sempre mais dela do que alguma vez imaginei, mas, nem sempre ela nos trás novas mudanças, novas esperanças e novos resultados como sempre planeei.

Estamos aqui na vida só para a ler, e esta é apenas mais uma das passagens que eu quero escrever, passagem essa que custa realmente a acreditar e a desaparecer. O mundo gira em torno de nós, as pessoas nascem, outras morrem e outras sobrevivem à morte, estamos cá porque um dia  queremos ser lembrados, não esquecidos, reconhecidos, para amar a natureza e muito mais para sermos compreendidos.

Mas a vida é muito mais que isso é  saber de verdade vivê-la e compreendê-la, é para quem sabe viver da gratidão e para quem sabe dar muitas vezes a mão, é para aqueles que são fortes, não desistem é unicamente para aqueles que amam e nunca deixam de amar, como é para aqueles que aprendem a crescer sem nunca voltar a errar.

A vida é assim mesmo, um livro, em que cada dia existe uma nova página, em cada ano um novo capítulo, em cada século um novo desafio, a cada hora uma nova vírgula e em cada altura um ponto final. Na vida tudo é imprescindível ,  não acreditar nela é simplesmente esquecer, a vida nasceu para ouvir, para a ler e devemos sempre aproveitar cada minuto, cada segundo e cada momento passado em cada página do nosso livro e,  no fundo, saber usufruir dela até um dia a página novamente virar e o mundo mais uma vez desabar.

Nós simplesmente temos de saber ultrapassar cada obstáculo para de verdade sermos lembrados porque cada um de nós somos seres extraordinários que nascemos para amar e a melhor estrela do céu é a nossa para brilhar. Não existe tempo, nem horas, ler a vida e o que ela nos proporciona é o melhor caminho que se deve seguir. Fomos feitos da terra e de Deus e fortes o suficiente para acreditar que um dia o sol nascerá,  a página virará  e  um novo dia finalmente brilhará.

Hoje é assim que imagino a minha vida, reescrevendo-a e começo aos poucos a vivê-la, começando mais uma vez por a ler, a pensar e a recomeçar um novo capítulo da minha história, sem quaisquer interrogações, virgulas ou pontos finais, dando novamente e mais uma vez um novo rumo a ela.

E assim digo …

“Muitos homens iniciaram uma nova era na sua vida a partir da leitura de um livro”.

Henry David Thoreau

 

Visualizar perfil de Ana Margarida Costa no LinkedIn Visualizar perfil de Ana Margarida Costa

Follow my blog with Bloglovin



Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s