Amamos, choramos, sofremos e nada mais nos faz viver!

Por vezes o nosso grande amor magoa-nos, nada podemos fazer se não continuar a nossa vida e sermos mais fortes. Perdemo-nos, falta-nos a esperança mas existe sempre alguém para nos despertar. Perdemos completamente a nossa fé e necessariamente acreditamos mais nela do que alguma vez acreditamos, como percebemos que sem ela não existimos. Ficamos completamente sem rumo e daí alguém entra na nossa vida e se torna finalmente o nosso destino.

Inesperadamente a solidão aperta  pela falta de uma única pessoa, até que algo acontece de novo e fortalece o nosso coração, algo simples, como o pôr do sol, a magnitude de uma noite estrelada, a simplicidade ou o vento soprando no nosso rosto como uma força da natureza chamada “Vida”.

Continuamos a amar, choramos, sofremos e nada mais nos faz viver. Voltamos ao mesmo rumo e apercebemo-nos que por vezes somos nós os simples culpados por essa volta, pois guardamos sempre o amor que nunca sabemos dar, o amor que tivemos e não tivemos e que soubemos deixar. Guardamos sempre esse amor que vive em nós , aquele que sempre queremos mostrar, escolhemos sempre o que ele nos trás, o que ele nos diz e vamos sempre atrás do convite do silencio do seu olhar.

photo-1447194537595-69d5dd826707

Por vezes culpo-me, sim culpo-me porque é triste saber que um dia vou-te ver a passar e não sentir o milimetro do teu corpo a arder e a enjoar. Culpo-me por saber que um dia vou ouvir a tua voz e essa voz não irá desaparecer e isto tudo sim por culpa minha porque deixei que isso acontecer.

Acho mesmo que o problema é meu, fico cansada, perco completamente as forças e chego a tal ponto que não consigo largar o impossível. A cada dia que passa,  sinto que o meu amor por ti aumenta cada vez mais e a minha vontade de tentar te esquecer só a faz diminuir, quando eu mais queria  era que ela aumentasse. Será que vai ser para sempre assim? Eu a tentar-te esquecer sempre que me magoares e nunca conseguir?

Não sei se esse meu amor já se tornou obsessão ou coisa do tipo, só sei que por mais que me magoes, existe sim um elo de ligação entre nós, deixando-me novamente  a pensar que não dá mais, eu sofro por ti  e penso, às vezes o melhor é ficar longe sofrendo por ti e ai vem o coração e diz “melhor estar com a pessoa que amas perto do que estar com a pessoa que amas longe”. Sim porque a vida é assim mesmo e a minha escolhe sempre o lado mais errado.

” Amor não se conjuga no passado; ou se ama para sempre, ou nunca se amou verdadeiramente”.

M. Paglia



Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s